Laboratório de desenho, por Alice

Laboratório de desenho – Carla Sonheim

DSC_0255

Comprei esse livro em julho do ano passado na Casa do Artista com o intuito de fazer os 52 exercícios de desenho propostos pela autora e artista norte americana Carla Sonheimque também tem um blog cheio de ideias bacanas e inspiradoras.

A princípio anotei algumas ideias e apliquei nas minhas aulas. No entanto, eu também queria fazer os exercícios, mas sempre adiava. Por isso decidi começar de uma vez por todas e compartilhar cada etapa com vocês. Dessa forma, me sinto comprometida a dar continuidade e podemos realizar as atividades juntos. Aliás, a ideia principal é essa: incentivá-los também a desenhar e sair da zona de conforto. Desenho não é dom, é treino. 

A frase de abertura do livro é ” Desenhar é divertido! Se você acha que não, então é provável que não tenha desenhado ultimamente!” A ideia da autora é propor a prática do desenho de uma forma dinâmica, afinal de contas compreender e dominar a técnica é fundamental para sentir-se seguro e poder extrapolar barreiras, pessoais e conceituais.

O livro é separado por unidades, cada uma com um tema. A unidade 1 é Inspire-se em animais e o primeiro exercício nos convida a Desenhar gatos na cama. Já gostei do exercício de imediato, só porque tinha gato no meio!

DSC_0262

Adaptei os materiais e usei canetinha hidrográfica e um papel um pouco mais firme que tinha aqui em casa, que não sei o nome :/ Mas você pode fazer com folhas de sulfite tranquilamente. Como a textura da cama é macia e aconchegante, essa atividade parece ser mais despretensiosa e com certeza te deixará mais à vontade só por estar deitado(a) e desenhando.

DSC_0265

Faça cerca de trinta gatos diferentes e não se preocupe com o resultado. O que importa é o processo. Insista e solte a mão, deixe-a caminhar livremente pela folha. Caso sinta-se muito travado(a), troque de mão. O ideal é observar gatos alguns minutos antes de iniciar o exercício. Se você não tem gatos em casa, eu te ajudo! Observe (e admire haha) a Amélie e o Diego e depois comece a desenhar! Você também pode pesquisar imagens no Google, principalmente de gatos em movimento, ajuda bastante.

DSC_0268

DSC_0270

DSC_0277

DSC_0275

Pronto? Vamos lá? Tente desenhar o mais rápido que puder, assim os traços ficam mais espontâneos.

DSC_0279

DSC_0280

DSC_0283

DSC_0284

Claro que tem alguns gatinhos que não gostei, mas sem problemas. É preciso fazer muitos para alcançar um traço mais expressivo e nos sentirmos relaxados com o nosso processo de aprendizado. Não desanime, não desista antes de começar.

DSC_0263

A próxima etapa é escolher um dos gatinhos desenhados e pintá-lo. Talvez eu pinte em aquarela, já que estou fazendo um curso e aprendendo a técnica. Mostrarei o resultado pra vocês na semana que vem. Quem estiver fazendo e quiser mandar fotos dos desenhos para mim ou pedir uma ajuda, sinta-se à vontade! Vou adorar fazer essa série de atividades junto com vocês!

DSC_0289

*

Nada de desculpas! Vamos, se arrisque! E aí, já pegou a folha?

<3

12 comentários Comentar

  1. Muito bacana mesmo esse livro!
    Vou ver o site dela *-*

    http://www.chaeamor.com

    Responder
    1. O livro é muito bom mesmo, Camila ;)
      Beijos <3

      Responder
  2. Ameeei o livro, vou procurar pra comprar!

    Responder
    1. Que bom que gostou, Aline :)
      Espero que te motive a desenhar!
      Beijos <3

      Responder
  3. Adorei o livro, Alice! Muito obrigada pela indicação!
    Adoro esses exercícios pra gente soltar a mão! Parecem “bobinhos”, mas têm uma importância enorme :)

    Beijos,

    Responder
    1. Saudade de você por aqui, Ju!
      O livro é muito bom mesmo. Aproveite que está em Sampa e dê uma passadinha na Casa do Artista, foi lá que comprei o livro.
      Sem dúvida, precisamos praticar sempre nosso desenho!

      Beijos <3

      Responder
  4. Caramba que legal!! Eu amo ilustrações e tenho um carinho especial pelas pessoas que sabem desenhar, admiro demais, e eu até achava que mandava bem, mas depois que conheci meu marido que faz cada desenho fantástico até mesmo no paint, e também conheci outras pessoas que são verdadeiras artistas, acabei ficando borocoxô rs parei de desenhar, hoje em dia só consigo fazer rabiscos de observação, eu olho e copio o desenho e não acho legal porque queria criar, ter meu próprio traço, achei ótimo essa indicação, não conhecia esse livro então estou grata por você ter compartilhado ♥

    Responder
    1. Não desanima, Carolli. Quando a gente começa a se cobrar demais, travamos. Tenho certeza que a sua criança interior quer desenhar, independente de julgamentos.
      Aproveite a série de exercícios do livro e faça comigo!
      Nada de desacreditar do seu traço, hein?
      Espero que os posts te incentivem :)
      Beijos <3

      Responder
  5. Obrigada por compartilhar, Alice! Tanto o livro e blog da Carla Sonheim – que não conhecia, mas fiquei fã – como da atividade.
    Tô precisando voltar a desenhar e esses exercícios são ótimos pra isso!

    Responder
    1. De nada, Joyce! Fico feliz em saber que gostou das indicações e da proposta dos exercícios. Aproveite para voltar a desenhar :)
      Beijos <3

      Responder
  6. Ludmila R.

    Ixi, só porque vi que você também é gateira como eu que não vou deixar de ler nenhum post desta série! Amei seu blog. O conheci através de um comentário seu numa postagem do Papo de Homem sobre artesanato. :-)

    Responder
    1. Alice

      Eba, que legal Ludmila! Adoro gatos e fico muito feliz quando encontro outras gateiras!
      Fico feliz que tenha chegado até aqui através daquele comentário e espero que continue visitando o blog. Com a correria do dia a dia parei um pouco com as postagens, mas pretendo retomá-las o quanto antes :)

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *