Pessoal, por Alice

Asas

_DSC2612blog

Voltar a escrever no blog é uma mistura de emoções. Foram tantos adiamentos, aquele “ah, depois eu faço isso” e a voz interna que diz “mas vai lá, você gostava tanto”. Sim, há essa dualidade que às vezes paralisa. Eu me lembro da inspiração inicial para criar esse espaço, investir no meu trabalho em papel machê e construir o meu país. O país da Alice. E pelo simples fato de lembrar, reinventei-o.

A personagem Amélie, do meu filme preferido, O fabuloso destino de Amélie Poulain, segue seus dias sem perceber a si mesma de forma integral, quando se dá conta de que era egoísta consigo. A doçura de seus atos nunca chegava a ela, apenas aos outros. Quando descobriu – num fluir de brisas – sua vida brilhou e adoçou.

E como no voo dos passarinhos que crio a partir de cola, papel e arame, estou me dando as próprias asas. Porque falar de mim e das lacunas inventadas como maquetes dos próprios sentimentos, é falar da arte que solto do coração ao mundo. Afinal de contas, é necessário emoção, o lado humano, puro e bruto, para criar, lapidar, adorar ou detestar. É um equilibrar de tudo. Como colocar confeitos coloridos e uma cereja bem vermelha sobre o bolo recém preparado.

Na foto, eu e o primeiro passarinho que fiz, um Tiê-sangue. Após sete anos, olho para ele. Após sete anos, vi um tiê-sangue de verdade pela primeira vez, sobrevoando a mata atlântica que eu atravessava. Ele passou tão rápido, coisa de dois segundos, o suficiente para me dizer: continue a sonhar.

<3

 

4 comentários Comentar

  1. Ana

    Que delícia ter você de volta!

    Ansiosa pelos próximos capítulos desse bater de asas…

    Responder
    1. Alice

      Espero que venham muitos capítulos!
      <3

      Responder
  2. Juliana Miriane Stürmer

    Que bom que voltou Alice! Sempre entro de tempos em tempos para ver se tem novidades, você é uma pessoa muito inspiradora, espero que continue a sonhar e divida seus sonhos conosco ^^. bjs

    Responder
    1. Alice

      Sonhar é o que traz sentido a tudo…
      Bom saber que continua me acompanhando, Juliana :)
      Beijos!

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *